INTEGRANTES DO COMANDO VERMELHO SÃO PRESOS EM PORTEL - Folha de Portel

Notícias

PagSeguro

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

INTEGRANTES DO COMANDO VERMELHO SÃO PRESOS EM PORTEL

Um membro morreu durante troca de tiros com a polícia
Sete integrantes da facção criminosa Comando Vermelho foram presos em Portel na última segunda-feira (9), por meio da Operação Apocalipse, deflagrada pela Polícia Civil por intermédio da Delegacia de Polícia de Portel com apoio da Superintendência Regional do Marajó Ocidental, NAI/BREVES, Grupamento Fluvial e Polícia Militar.
A operação, que visava cumprir mandados de prisão preventiva e busca e apreensão de pessoas que tinham relação com dois homicídios ocorridos em setembro desse ano, que vitimaram Anderson Ferreira Pinto e Ivonete Rodrigues Freitas, resultou na prisão de sete membros da facção que, segundo as investigações, é a responsável por mandar executar as vítimas "e visava instaurar um reinado de terror em Portel".
Foram presos os membros David Campos Nicácio, Vitor Vinicius Paz Vieira, Felipe, Manoel Lopes da Silva Lopes, Janilson Alves dos Santos, Simone Rocha da Silva e Solange Rocha da Silva. Eles são acusados como partícipes do caso. Os crimes, segundo a Polícia, foram orquestrados por Aleson da Silva Nicácio, conhecido como "Jesus", que foi preso por latrocínio em Macapá.
Identificado pela polícia como o homem de confiança de Aleson, Edson Correa Costa morreu durante a operação após troca de tiros com a polícia. De acordo com o relatório policial, durante o cumprimento de mandado de prisão preventiva contra ele, acusado dos crimes de organização criminosa e tráfico de drogas, Edson "não obedeceu às ordens policiais e acabou efetuando disparos contra a equipe, que reagiu à altura, revidando os disparos contra o mesmo, que não sobreviveu aos ferimentos e veio a óbito".

"Edson era o homem de confiança de Aleson, vulgo JESUS, o líder da organização que executava homicídios em Portel e que cumpria diretamente as ordens do mesmo de dentro do presídio, inclusive o transporte de drogas, armas, assim como o planejamento da morte de policiais do Município de Portel", informou a polícia, acrescentando que uma arma artesanal Calibre .32 foi apreendida com ele.
Durante a operação também foi apreendido uma porção de 400 gramas de maconha prensada e uma espingarda calibre .28, assim como simulacros de armamentos utilizados para realizar assaltos em Portel.
Outros membros do Comando Vermelho que também tinham mandados de prisão em seu desfavor em decorrência da operação Apocalipse já estavam presos e agora responderão também pelos crimes de homicídio qualificado, organização criminosa, tráfico de drogas e porte ilegal de armas. São eles: Luiz de Souza Amaral, o "Lulu"; Benedito da Conceição Loureiro, Aleson da Silva Nicácio e Felipe Santos Paiva.

Fonte: O Liberal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PagSeguro