ENTIDADES REPUDIAM EXTINÇÃO DO REGISTRO DE JORNALISTAS E OUTROS PROFISSIONAIS - Folha de Portel

Notícias

PagSeguro

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

ENTIDADES REPUDIAM EXTINÇÃO DO REGISTRO DE JORNALISTAS E OUTROS PROFISSIONAIS

Dez anos depois da derrubada do diploma de nível superior específico como critério de acesso à profissão pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a MP publicada no dia 12/11 no Diário Oficial da União é mais um passo rumo à precarização do exercício da profissão de jornalista, uma atividade de natureza social ligada à concretização do direito humano à comunicação. Na prática, sem qualquer tipo de registro de categoria, o Estado brasileiro passa a permitir, de maneira irresponsável, o exercício da profissão por pessoas não-habilitadas, prejudicando toda a sociedade.
A FENAJ denuncia que o governo de Jair Bolsonaro constrói uma narrativa, desde a posse na Presidência, para deslegitimar a atuação dos jornalistas no exercício profissional. Agora, utiliza a MP 905/19 para, mais uma vez, atacar a profissão, os jornalistas e o produto da atividade jornalística: as notícias.
Leia mais em https://fenaj.org.br/
#jornalistascontramp905

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PagSeguro