ESCOLA PÚBLICA DE PORTEL DEVOLVE ALIMENTOS POR NÃO TER FUNCIONÁRIO PARA FAZER A MERENDA DOS ESTUDANTES - Folha de Portel

Notícias

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

ESCOLA PÚBLICA DE PORTEL DEVOLVE ALIMENTOS POR NÃO TER FUNCIONÁRIO PARA FAZER A MERENDA DOS ESTUDANTES

Parece irreal, mas o fato aconteceu de verdade. Na Escola Estadual de Ensino Médio Nicias Ribeiro, localizada no município de Portel, no arquipélago do Marajó, a diretoria da instituição devolveu os produtos alimentícios recebidos porque a escola desde agosto não tem quem faça a merenda para os estudantes.
Apesar dos estudantes serem de famílias pobres e precisar da alimentação escolar, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) ainda não contratou funcionários para a função de merendeiras.
Nesta quarta-feira, 23, a direção da Escola Nicias Ribeiro, protocolou ofício no Departamento de Alimentação Escolar da Seduc, informando da impossibilidade de receber os alimentos, muitos deles perecíveis e solicitou que o órgão aceitasse a devolução do material e que suspenda o envio dos alimentos, até que o governo estadual resolva a situação, contratando merendeiras para assumir a função na unidade escolar.
Na tarde desta quinta-feira, 24, a diretoria da escola se reuniu com o coordenador da Unidade Regional de Educação (Ure), em Portel, Jeferson Santos, que segundo os professores informaram ao Portal Roma News, assegurou que a situação será resolvida até o final de novembro. Porém, outras reuniões anteriores foram realizadas na Ure, sem que as contratações tenham sido realizadas pela Seduc. 
Os diretores informaram que já havia acúmulo de produtos alimentícios na escola, portanto, precisavam devolver para não perderem a validade.
Além do problema da falta de merenda escolar, os alunos da Escola Estadual Nicias Ribeiro estão estudando em um prédio alugado pela Seduc, pois a escola está sendo reformada e sem previsão de conclusão da obra.
E segundo os pais de alunos, não são somente merendeiras que faltam na instituição, várias disciplinas estão sem professores desde o começo deste ano.
A produção do Portal Roma News enviou pedido de informações à Seduc e aguarda retorno das informações sobre a situação da escola em Portel.  

Fonte: Roma News

Nenhum comentário:

Postar um comentário